Textos



Se fosse apenas para ser atual
compartilharia fofocas
ressentimentos.
Deslizaria meus dedos dormentes
pela pele da precisa época
em que nos anulamos
no alucinante existir além de nós.

Mas o que desejo
é compartilhar eu e você...
Reinventar outros desejos
decretar a era dos abraços
e de profanas confissões.

Dane-se o amado imediato!
A notícia que se esfrie
sob os tapetes da urgência.

Sou fiel soldado das querências
de abraços e beijos de diamante
Quero o seio da mulher desejada
digitalmente pulsante.

Eis o que compartilho!
Exilado que sou da pós-modernidade.
Sou homem de vilas, de cantos
e não fazendeiro de vaidades.


Crédito da imagem: http://comofiz.blogspot.com/2014/10/como-colocar-botoes-de-compartilhamento.html



 
alexandre gazineo
Enviado por alexandre gazineo em 12/04/2021
Alterado em 12/04/2021


Comentários