Textos


Então eu devaneio teu beijo
nos lábios o doce amargo
do Veneto, tiramisù...
Veneza perdida nos canais 
e os séculos a deslizarem sob as gôndolas.

Então penso que poderia ter sido
ao seu lado, a vera palavra italiana...
o inferno de Dante, o talvez de Maquiavel...
Mas eis que assim não foi e o silêncio
espalhou-se túrgido sob o céu.

e na boca rubra da fêmea cortesã
o sexo mais enlouquecido, azul
o doce amargo de infindo desejo
mulher...tiramisù!.


Crédito da imagem: receitasagora.com.br
alexandre gazineo
Enviado por alexandre gazineo em 11/04/2021


Comentários