Textos


Para Renato Guilherme Cunha, querido amigo (+2020)



Eu pressinto este abraço
que abraço e escondo em mim...
E não sei se aqueles a quem abraço
estão envolvidos em meus braços
ou se de mim escapam, vilões.

Mas em mim aconchego este contato
branco, amarelo, verde, violeta
as cores da apressada palheta
do viver por tão pouco tempo sob o sol.

Eu reconheço no escuro o abraço
ainda que a cegueira me tolha o passo...
sei que ele é luz e espreita generoso.


Só não sei se o abraço que me abraça
de mim partirá e soberano abraçará
a quem me despreza ou desconhece...
Tomara que sim!
Pois só assim será ele abraço
que bem germinei no recôndito de mim.

Crédito da imagem: https://bernadetealves.com/2020/05/22/dia-nacional-do-abraco-2020-muda-a-forma-de-se-cumprimentar/
 
alexandre gazineo
Enviado por alexandre gazineo em 01/10/2020
Alterado em 13/11/2020


Comentários