Textos


Nestas horas me pergunto
como verei a vida
quando a vida tiver passado
e eu passado pela vida?


Talvez eu esteja cansado,
olhos fatigados de sonhar
com um certo sorriso distante
que insiste em me acomapnhar...


Nestas horas me pergunto
como estaremos nós,
quando o tempo tiver escrito
a nossa história à sós.

Eu pensarei no que fomos,
no tanto que restou sem tradução...
Talvez escreva um poema
ou simplesmente perca a razão.

Nestas horas me pergunto
como viverei assim...
Quando a vida tiver passado
e você passado por mim...


Poema escrito em 1985
Crédito da imagem: http://redeamigo.com.br/guru/?p=1754
alexandre gazineo
Enviado por alexandre gazineo em 01/02/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Alexandre Gazineo). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários