Textos



Escreve teu nome na areia
e deixa-o ao vago olhar de quem passeia...

Mas jamais escreva o signo
pelo qual te fizeste conhecer...

Mas sim rabiscas
teu ignoto nome
aquele
que te fez sobreviver.
alexandre gazineo
Enviado por alexandre gazineo em 25/07/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Alexandre Gazineo). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários