Textos


Foi porque apesar da tempestade
ninguém acreditou na destruição...
E porque em face da iniquidade
o que era belo tornou-se aberração...
E porque - que lástima - a alma avisada
não sussurou à mente compaixão...
É que a noite trevosa e anunciada
impávida diante de tanto nada
cresceu soberana
atormentada madrugada.

 
alexandre gazineo
Enviado por alexandre gazineo em 18/07/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Alexandre Gazineo). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários