Textos


Um pedaço de tempo
amassado no bolso do paletó...
testemunha de remota era
retratada por Monet...
pessoas corriqueiras pelos parques de Paris
quem sabe eu e você.

Seu nome que habita minha memória belle epoche
evoca a mudez em meus lábios...
Não mais o pronuncio posto que é silêncio
o divino plano de sermos um só.

Adormeço exaurido
no ateliê do tempo desperdiçado
e enleva-me ainda o mundo que não se forma
pelas pinceladas do pintor anônimo
embriagado de amor...
alexandre gazineo
Enviado por alexandre gazineo em 14/02/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Alexandre Gazineo). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários