Textos


Onde quer que eu vá
A Bahia me assombra
Feito onda em Piatã
Me envolve e me comanda

Faz vibrar na palavra estrangeira
O sotaque da infância.
E de saudade tanta
Vou renovando o querer
Feito duna soprada pelo vento
Perdida Abaeté
Está em mim a Bahia em todo canto
No que digo, vejo e calo
Meu dendê e meu espanto.
alexandre gazineo
Enviado por alexandre gazineo em 25/01/2016
Alterado em 29/11/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Alexandre Gazineo (www.alexandregazineo.com)). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários