Textos


Quando você voltar, pedaço de sombra
Eu te darei cara, cabelos, alma
Acenderei as Fogueiras de Beltane
Dançaremos à voz de bruxas e fantasmas.
 
Quando você voltar, nau perdida
Do outro lado do hemisfério, morte
Talvez o velho amor inda reste
Quem sabe a minha mão enlace a sua.
 

Nada sei, a cada dia esqueço
Quem você foi,  o som de sua voz...
Ando cultuando novas deusas
Germinando úteros e sonhos.
 
Mas vez ou outra você me apavora
Seus cabelos de serpente, lua branca
Suas pernas como tenazes, gozo
Mulher completa e excitante.
 
Mas se você não voltar, nada ficará
Não se perde tempo nem carícias
Segue teu périplo de cometa
Desfila tua insensibilidade galáctica...
 
Se quiser, vire constelação
Desapareça na quarta ou quinta
 Dimensão
Eu sou pássaro de voo baixo
Por favor, solta minha mão!

alexandre gazineo
Enviado por alexandre gazineo em 22/11/2012
Alterado em 28/05/2013
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Alexandre Gazineo e o site www.alexandregazineo.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários