Textos


Cristalina
a certeza de brilhar a luz
que irradia de tua pele, teus cabelos
halo de anjo que seduz.

Repentina
a alegria do encontro, bailado ao acaso
ver-te passo a passo confirmada
na retina dos meus olhos espantados.

Incandescente
o toque da pele, a aridez da ausência
quero-te em plena noite, sem cansaço
o mundo será nosso palco.

Suave
esta sina de ser menina
embora mulher de firmes traços
menina, mulher, mesmo abraço.

Tranqüila
a manhã que se esbalda após o amor...
imaginando que tu sejas minha
serei teu escravo e senhor.

Imenso
o medo de perder-te na multidão
de tornar-se história a rima muda
os arrepios da tentação.

Nunca
morra em nós o olhar que conhece
o outro de antemão.

Amor
que em si mesmo se justifica
monge perdido em meditação...
dai-me tua mão, aceito
tanto teu sim como teu não.

alexandre gazineo
Enviado por alexandre gazineo em 29/08/2008
Alterado em 28/01/2013
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Citar autoria de Alexandre Gazineo e o site www.alexandregazineo.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários